Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Armazenamento de vidros e transporte: assista às dicas

O vidro é um material frágil que necessita de cuidados em seu armazenamento, manuseio e transporte.
Porque saber manusear e entender como funciona o armazenamento de vidros?

Depoimento: Jorge Paulo – Supervisor de Logística

“É importante você ter o conhecimento de como armazenar e manusear corretamente o vidro, para que você tenha uma produção de boa qualidade. Cumprir à risca seu procedimento de trabalho, traz para você bons resultados, e elimina a chance de quebra de produto e acidentes de trabalho.

O armazenamento adequado irá garantir que o vidro não manche, não risque, não tenha falha de metalização, nem irisação. Saber as características de cada produto, contribui com a durabilidade dele no estoque.”

O que saber sobre o transporte dos vidros?!

“É necessário muito cuidado para o transporte dos vidros, para que ele chegue em bom estado ao nosso cliente final. Para tal, é necessário que caminhões e veículos estejam autorizados para este fim.”
Mas quais os procedimentos corretos? Assista agora aos segredos para o correto armazenamento e transporte de vidros.

Equipamentos para armazenamento de vidros

Um dos equipamentos mais comuns para estocar vidros é o cavalete. Nele, os vidros ficam sempre no mesmo ângulo, de 4 ou 6 graus.

Os espaçadores servem para evitar o atrito entre os vidros; são feitos normalmente de isopor, papelão ou papel neutro. É ideal usar pelo menos três espaçadores em cada pilha, para melhor distribuição do peso.

Equipamento simples de estocagem, os paliteiros são de fácil desmontagem. Aqui é preciso apoiar as pilhas de vidros individualmente em duas hastes metálicas, diminuindo a carga concentrada. A área de base e as hastes devem ser protegidas por borrachas.

Desenvolvido para o transporte de vidros, o colar pode também ser utilizado na estocagem. Deixe o piso plano e resistente ao peso gerado por cada colar, que chega a pesar 2 toneladas.

É muito importante considerar que o vidro deve estar protegido do sol, da chuva, de poeiras abrasivas.

Manuseio correto do vidro

A cinta de aço é a forma mais segura de movimentar vidros e pode ser adaptada em empilhadeira, ponte rolante ou pórtico. Pode ser revestida com feltro ou carpete.

Outro equipamento muito seguro para movimentação é o balancete, porém é preciso travar o acionamento superior. É possível adaptar o equipamento para movimentação de apenas uma chapa de vidro.

Outra dica importante é a utilização dos equipamentos de proteção individual recomendados, como óculos, luvas de corte, protetor auricular, mangote, capacete e botas de bico de aço.

Transportando o vidro

É fundamental que os vidros também sejam transportados sempre na vertical por ordem decrescente de tamanho: primeiro coloque os maiores, em seguida os médios e por último os menores.

Com cavaletes, todas as partes que tenham contato com o vidro devem estar protegidas por borrachas. As da base devem ser do tipo duas lonas e as dos encostos devem ser macias.

Os encostos de ferro são muito utilizados para espelhos e vidros temperados e devem ser amarrados nas escoras frontais e encostos. É necessário também a fixação de pranchas de madeira na base da carroceria do veículo.

Em todo o transporte, o ideal é proteger as peças de vidro com lona.

“Manusear esses materiais é uma ação tão corriqueira, para quem trabalha com vidro, que algumas ações acabam passando desapercebido. Atentar a estes fatores, é fundamental.”

Fonte: PKO do Brasil