Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Glass South America e R+T South America abrem as portas e destacam desenvolvimento da indústria brasileira

Na manhã desta quarta-feira (9), foi realizada a cerimônia de abertura das feiras Glass South America e R+T South America, na presença de presidentes, representantes das principais associações do setor, conselhos, entidades de classe e de expositores. Com expectativa de bons negócios, as feiras acontecem simultaneamente até sábado (12), no pavilhão do São Paulo Expo. João Paulo Picolo, presidente da NürnbergMesse Brasil, comentou sobre os desafios políticos e econômicos que os setores enfrentaram e destacou a união dos eventos frente às dificuldades. “Sabemos dos momentos delicados que os mercados enfrentaram, mas a realização de um evento como esse e a união do setor, com certeza, farão com que nós consigamos alcançar grandes resultados e retomar os índices positivos”.

Lauro Miguel, presidente da Associação Brasileira de Persianas, Cortinas e Toldos, marcou presença no palco e enfatizou o quanto os mercados de proteção solar, persianas e arquitetura em vidro se comunicam, e como a união da R+T South America e Glass South America soa tão importante para o setor. José Domingo Seixas, presidente da Abravidro, finalizou a cerimônia com a estabilização do consumo do vidro após dois anos de queda e com otimismo para 2018. “A expectativa para a feira é uma das melhores, já que conseguimos credenciar mais de 20% de visitantes, em comparação com a última edição. Espera-se que o mercado tenha um faturamento positivo em 2018 e estamos ansiosos por esse momento”, finaliza Domingos.

Persiana sustentável é alternativa para uso do plástico
O uso do plástico vem sendo mais consciente nos últimos anos, muito por seu impacto no meio ambiente e, possivelmente, na saúde humana. Por conta disso, diversos países da Europa já estão proibindo o uso de persianas com PVC ou que possuam o material em 100% de sua composição em edifícios comerciais. “O motivo disso é o gás tóxico que pode ser exalado do tecido quando ele entra em contato com o sol; esse gás, além de poluir o meio ambiente, pode causar reações na pessoa após determinado período de tempo”, explica Paulo Teixeira, coordenador de marketing da Centerlux.

Acompanhando essa tendência, a empresa está lançando na R+T South America duas linhas de persianas sustentáveis: a Perscreen, com tecido 100% poliéster e zero PVC, e a linha Screen, feita em poliéster e revestida com PVC. Os materiais são indicados para uso em telas solares, persianas e cortinas. “Nosso portfólio é composto por 85% de produtos importados, por isso acreditamos que era hora de trazer essa novidade ao país e que ele será bem aceito. Pretendemos ser pioneiros nesse segmento de proteção solar sustentável”, conclui Teixeira.

Vidro em Ação demonstra as diferentes resistências de cada vidro
Em sua segunda edição, o Vidro em Ação, iniciativa da Abravidro em parceria com a Falcão Bauer e apresentada pelo especialista Gabriel Batista, do Portal Setor Vidreiro, reuniu vidraceiros, arquitetos e profissionais do setor para os ensaios em vidros temperados, laminados e aramados. Realizados a cada hora, a partir das 14 horas, o espaço recebeu, em média, 70 pessoas a cada rodada que se surpreenderam com os testes.

O apresentador, Gabriel Batista, contou que os visitantes acompanharam tudo com olhos atentos e tiraram suas dúvidas logo após a finalização dos ensaios. “Esse espaço é uma oportunidade única do vidraceiro ver como cada tipo de vidro reage a cada situação e como ele pode conhecer melhor as especificações e normas. Quem vê esse tipo de teste é apenas a empresa que paga por ele, pois eles são feitos em laboratórios, então não existe outra atração como essa no setor. Fico muito feliz por estar aqui e fazer parte disso. Com isso, o vidraceiro se sente assistido e, se ele vai bem, o mercado vai bem”, celebra Batista.

Para esse ano, foi incluído o ensaio de resistência em guarda-corpo, uma demanda que o próprio setor identificou. “Repetimos o que foi sucesso e adequamos o teste para a realidade do mercado. Quem não viu no ano passado e ficou sabendo quer muito ver como são esses testes, por isso nossa expectativa para esse ano é ainda maior”, comenta Vera Andrade, coordenadora técnica da Abravidro. A entidade acredita no espaço como uma oportunidade do setor conhecer o desempenho do vidro de uma maneira mais técnica. “O Vidro em Ação veio para complementar esse espaço de geração de negócios e torná-lo também um espaço de conteúdo e informação”, conclui Vera.

Cidades brasileiras ganham método revolucionário de captação solar
Pela primeira vez, a Unividros apresenta na Glass South America uma das maiores soluções sustentáveis para o consumo consciente de energia elétrica, a OPTree. Com formato de uma palmeira, a árvore artificial feita de folhas com painéis fotovoltaicos capta luz do sol e a transforma em energia capaz de carregar a bateria de qualquer smartphone por meio da entrada USB. O produto inovador é construído em parceria com a Sunew®, empresa fornecedora do material OPT. Com a ajuda do vidro curvo produzido pela Unividros, a tecnologia é encaixada entre as lâminas do vidro temperado de cada folha do mobiliário urbano. “Toda a energia gerada é armazenada em bateria para o usuário por até 12 horas. É um grande avanço para a sustentabilidade das cidades”, comenta Filipe Ivo, Diretor de Novos Negócios da Sunew®.

Para o Orlando Nascimento, Diretor da Unividros “a parceria é essencial para promoção de comunidades em prol da sustentabilidade. Confiamos na Sunew® e temos uma expectativa de parceria muito próspera”, relata. Juan Martinez, promotor de eventos, passou pela árvore e já testou a novidade carregando o seu celular. “Isso é muito bom. Seria maravilhoso que tivesse algo assim no meu bairro também”.

Além do mobile exposto no pavilhão, a Unividros também traz uma linha especial, com destaque para os vidros curvos temperados laminados, utilizados em guarda corpo. Os visitantes podem conferir suas famosas escadas de vidros montadas no estande.