Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Nova linha de crédito incentiva eficiência energética no Brasil

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) lançou uma linha de crédito de 25 milhões de dólares para pequenas e médias empresas que querem implantar sistemas de geração de energia solar e outras soluções para a eficiência energética. Fruto do Programa de Eficiência Energética Garantida, uma iniciativa do governo dinamarquês, a linha tem parceria com o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Goiás Fomento, AXA Seguros e Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

A intenção é que pequenos e médios empresários e industriais possam ter acesso à linha de crédito oferecida para fazerem melhorias em suas empresas visando reduzir o consumo energético. Tal resultado pode ser atingido de diversas maneiras, como retrofit da fachada, modernização do sistema de resfriamento e refrigeração, novos compressores, sistemas de vapor e caldeiras, motores elétricos, trocadores de calor e máquinas de corte multifio diamantado e a instalação de painéis solares para geração de energia.

Para pleitear o empréstimo, os interessados deverão apresentar um projeto com as características técnicas e estimativa de resultados, incluindo os fornecedores das soluções ou dos equipamentos. Entretanto, as empresas fornecedoras devem ser acreditadas pela ABNT.

Um dos diferenciais dessa linha de crédito é o fato de contar com uma apólice de seguro (um dos requisitos para avaliação, junta com o laudo da ABNT) entre empresário e fornecedor. Esse seguro garante que o empréstimo será pago mesmo que o projeto, na prática, não apresente a eficiência energética estimada na fase de estudos. Segundo Maria Netto, especialista em mercado financeiro do BID, medidas para garantir “a performance do equipamento são elementos importantes para trazer maior segurança na tomada de decisão pelo empresário”.

Esta é uma ótima oportunidade para empresas do setor vidreiro que trabalham com insumos para sistemas fotovoltaicos. Ao fazer parte da lista da ABNT, a empresa pode prestar serviços para companhias que estejam pleiteando o empréstimo lançado pelo BID. A lista será divulgada no site da ABNT, que também contém todas as informações necessárias para obter a chancela de fornecedor. Também é possível conseguir o financiamento a fim de implementar soluções de eficiência energética na própria empresa.

O Programa de Eficiência Energética Garantida tem foco na América Latina e vem sendo aplicado em países como México, El Salvador, Colômbia, Peru, Chile, Argentina e Paraguai.

Fonte: Abravidro